A UMA ORAÇÃO DE DISTÂNCIA

Já era noite e eu estava no último vagão do trem, voltando para casa. Refletia sobre as coisas que estavam me tirando o sono durante aquela semana, assuntos que me traziam certa preocupação. Também observava outras pessoas ao meu redor, sentindo a desconfiança e o medo de quem circula no transporte público da cidade à noite. Foi então que o avistei. Era um garoto muito jovem, ele estava posicionado em pé, junto à porta. A  princípio, achei que estivesse falando sozinho, foi quando me esforcei um pouco para ler os seus lábios e decifrar as suas palavras.

Fiquei surpresa. Na verdade, o garoto conversava com o Criador do Universo, discretamente fazia uma oração. Em suas mãos carregava um terço, em seu colo estava uma bíblia com capa de couro. Ele sussurrava baixinho, o seu semblante era diferente, transmitia paz, uma calmaria que eu não encontrei em nenhum outro rosto em volta. Depois de observá-lo por um instante, retomei os pensamentos que cultivava minutos antes. Desta vez, eu me questionava. É que nos últimos dias, eu havia me encontrado com Deus pouquíssimas vezes, apesar de ir à igreja regularmente – sim, isto é possível! Desde pequena fui ensinada a orar, aprendi a conversar com o Criador tendo a convicção de que cada palavra seria atentamente ouvida. Foi quando me dei conta de que, naquela noite, eu havia escolhido voltar para casa sozinha com os meus problemas. Dialogava comigo mesma, em uma tentativa falida de encontrar soluções, quando eu poderia convidar o próprio Deus para uma conversa casual dentro do trem. Sem dúvidas eu desfrutaria de sua ótima companhia e receberia o conforto e a paz que necessitava.

Percebi que quando a nossa mente não está ligada ao Céu, os nossos olhos se encontram fixos nas coisas da Terra e por vezes somos tentados a achar que seremos engolidos pela nuvem de problemas. A falta de oração deixa a visão turva. Sendo assim, o fato de nada sabermos quanto ao futuro deveria nos motivar a depositar as nossas incertezas nas mãos do dono do tempo, o Deus Eterno. É somente por meio da oração que somos fortalecidos, através da fé enxergamos o invisível, conseguimos ver os anjos de Deus ao nosso redor, a mão do Senhor a nos guardar, os seus pés caminhando bem junto a nós. Não existe a hora ou lugar ideal, pois onde quer que estejamos podemos convidá-lo a estar conosco através da oração. Podemos estar em um templo ou no último vagão de um trem, do Céu o Senhor se inclina para ouvir os nossos pedidos. Sempre atento a cada prece, Deus está a uma oração de distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *